Maranhão defende ensino a distância e ampliação do Fies

Maranhão defende ensino a distância e ampliação do Fies

O deputado Waldir Maranhão (Avante-MA) afirmou nesta quinta-feira que defende o ensino a distância para facilitar o acesso dos jovens à educação superior. O sistema permite que pessoas que moram em áreas remotas ou que trabalham mesmo em centros urbanos possam obter com qualidade o diploma universitário.

Além do EAD, a outra prioridade de Maranhão é democratizar o acesso ao Fies (Programa de Financiamento Estudantil), programa criado em 1999 para substituir o Programa de Crédito Educativo. Ocorre que por conta de alterações no governo Michel Temer, no formato do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), que é o agente operador, o Fies se transformou num programa de banco.

Hoje, há 75 mil vagas não preenchidas. “Se reduzirmos um pouco a pontuação, talvez para 400, vamos permitir que pelo menos 1 milhão de estudantes possam frequentar as universidades graças a um financiamento a juros baixos”, acredita Maranhão. “O financiamento ficou muito caro. Isso afastou o estudante de menor renda que não tem como obter o diploma de ensino superior sem ajuda do governo”.

A defesa dos dois institutos pelo deputado ocorreu quando analisou um resumo da agenda legislativa do ensino superior particular na Câmara dos Deputados. O documento foi elaborado com o Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular.

Posts Relacionados

About Author

Connect with Me:

Praça dos Três Poderes - Câmara dos Deputados Gabinete: Sala T 05 D Ed. Principal - Anexo I CEP: 70160-900 / Brasília - DF dep.waldirmaranhao@camara.leg.br
Fone: (61) 3215-5975

Siga nas redes sociais